Director: Américo Natalino de Viveiros Director Adjunto: Santos Narciso
Escolha a cor do seu tema: Skin Vermelha Skin Verde Clara Skin Azul Skin Azul Bébé Skin Amarela

Gráfica Açoreana   Diario dos Açores   Atlantico Expresso   Associanissima

Arquivos
A A A

Infraestrutura inaugurada: Golfe no Parque Urbano de Ponta Delgada

20 Julho 2011 [Regional]

A presidente da câmara de Ponta Delgada, Berta Cabral, considerou “importante” na inauguração do Parque Urbano de Ponta Delgada que “o desenvolvimento do concelho, da ilha e da região seja feito passo a passo e conjugue vários objectivos, desde logo a sustentabilidade económica e a sustentabilidade ambiental”.
“É este o grande propósito daquele que é o maior património natural (Parque Urbano da Cidade) concebido de raiz por uma autarquia e que consolida uma nova era para Ponta Delgada”, disse.
Berta Cabral afirmou que a inauguração do Club House, do Driving Range para a prática do Golfe e do edifício de serviços de apoio ao recinto, além do restaurante que abrirá ao público dentro de 15 dias, é um exemplo de como “se pode criar desenvolvimento, garantindo, ao mesmo tempo, sustentabilidade económica e ambiental para as gerações vindouras”.
A autarca referiu que num espaço com 20 hectares, que abrange três freguesias do concelho (São Pedro, Fajã de Cima e Fajã de Baixo), “torna-se necessário criar equipamentos âncora, como é o caso destes agora inaugurados e de outros que ainda poderão vir a existir no ‘pulmão verde’ da cidade”.
“O Parque Urbano da Cidade é um projecto inovador que poderá contemplar muitos outros equipamentos além dos que hoje inauguramos. Mas é preciso darmos um passo de cada vez para podermos dar passos seguros e, assim, também garantirmos a sustentabilidade económica e ambiental das novas gerações” - sustentou.
A presidente do maior Município dos Açores considera o Parque Urbano como “um símbolo de sustentabilidade ambiental, que se apresenta como um importante contributo para a fomentação de uma mudança de mentalidades em prol da saúde e do bem-estar dos munícipes”.
O projeto do Parque Urbano da Cidade foi concebido pelo arquitecto Sidónio Pardal. Ao longo do espaço, situado numa zona de franca expansão urbana, foram plantadas 6.600 árvores de 600 espécies e existem circuitos de manutenção e de circulação pedonal em toda a extensão.
No que respeita ao Club House propriamente dito, este inclui um restaurante e um bar, bem como uma loja de apoio ao golfe. Um desporto que tem uma área total de 28.000 metros quadrados no Parque Urbano.
No Parque existem, ainda, uma praça, diversas zonas de passeios e clareiras, parque de estacionamento e lagos.
Berta Cabral sublinhou, na altura, que, enquanto exerceu o cargo de Secretária Regional das Finanças, entre 1995 e 1996, o “rating” da Região, já então atribuído pela agência de notação “Moody´s”, era de “a2” e nunca foi parar para o “lixo” como aconteceu agora.
A Presidente da Câmara aproveitou a ocasião para responder às críticas que lhe têm sido feitas relativamente a esta matéria e até disse que, como Secretária das Finanças do Governo dos Açores (1995-1996), foi “a primeira a pedir o rating da Região”, sublinhando que o mesmo atingiu a classificação de “a2”, o que poderá ser confirmado nas contas regionais de 1996.

Versão de Impressão

Mais notícias da área Regional